como-a-computacao-em-nuvem-pode-otimizar-os-processos-da-sua-empresa.jpeg

Como a computação em nuvem pode otimizar os processos da sua empresa

Em um cenário de competitividade e mudanças constantes como é o dos negócios, otimizar os processos de uma empresa é quase que uma medida de ordem para alinhar suas atividades às demandas do mercado. Isso pode definir quão satisfatórios serão os resultados de uma corporação.

Em um mercado cada vez mais seletivo e intransigente, como o atual, se valer da tecnologia pode ser o caminho para melhorar a rotina de operações de uma empresa. Nesse contexto, a computação em nuvem já mostra ser uma forte aliada daquelas que buscam otimizar os seus processos.

Mas, se ainda não sabe como isso é possível, fique tranquilo! Neste artigo mostraremos algumas das características da computação em nuvem tornam isso realidade. Continue lendo e confira!

1. Alta disponibilidade

Já imaginou como ter um serviço à disposição em tempo integral na empresa pode ser extremamente positivo? Essa é uma das características da computação em nuvem que a fazem ser tão eficiente na hora de otimizar os processos.

Tal característica possibilita um aumento na produtividade e melhora na eficiência, pois, por meio dela, os processos ficam menos sujeitos a falhas e interrupções. Para que isso ocorra, os provedores de serviços na nuvem trabalham sempre com redundância, o que significa que é bastante difícil acontecer de algum serviço ficar indisponível.

2. Escalabilidade

Essa característica é uma das principais vantagens da cloud computing no que tange à otimização de processos.

A possibilidade de expansão e redução de recursos computacionais, de maneira ágil comprova isso. Dessa forma, a empresa terá suas demandas desses recursos supridas de maneira ideal, evitando desperdício de dinheiro e de tempo.

3. Economia

Otimizar os processos de uma empresa é fundamental para qualquer gestor de TI, mas isso se torna ainda mais interessante quando reflete em economia para a corporação. Nesse ponto, a computação em nuvem também dá a sua contribuição.

É bastante comum em empresas haver a necessidade de recursos computacionais que exijam um desempenho mais elevado das máquinas. Logo, será necessário investir em hardware para suprir essa demanda.

Entretanto, ao se adotar a computação em nuvem, a empresa pode ter toda essa infraestrutura física – servidores, hardwares, sistemas etc. – como um serviço e pagando só pelo que realmente utilizou. O que acaba por reduzir o custo de muitos processos.

Além disso, há uma redução nos custos com recursos humanos, já que a gestão da informação e de serviços computacionais, em parte, ficam a cargo do provedor do serviço de nuvem.

4. Segurança

Diferentemente do modelo tradicional – com servidores locais – a computação em nuvem disponibiliza seus serviços de forma remota, pela internet. Assim, os dados e aplicações da empresa ficam armazenados em servidores que, por sua vez, estão em localidades distintas da empresa.

Por esse motivo, há uma otimização na segurança das informações. Primeiro porque os dados estarão alocados em um ambiente construído para essa finalidade, de forma que está menos sujeito à invasões – tanto físicas quanto virtuais –, catástrofes naturais, indisponibilidade de energia e conexão e, segundo, porque conta com o apoio de profissionais extremamente capacitados para gerir a segurança da nuvem.

5. Flexibilidade

A possibilidade de acessar suas aplicações de qualquer lugar e em por meio de diferentes dispositivos, faz dessa característica um grande atrativo para otimizar os processos de uma empresa.

Com a flexibilidade e portabilidade proporcionada pela computação em nuvem, não há mais a necessidade de utilização de dispositivos de armazenamento, como HD’s externos, pendrives, servidores locais, entre outros equipamentos de infraestrutura computacional.

Isso reflete diretamente nos gastos da empresa e também na facilidade e agilidade com que os serviços podem ser realizados.

Por fim, é perceptível que a tecnologia é uma excelente alternativa para as empresas que buscam otimizar seus processos. E, como vimos, a computação em nuvem possui diversas características que comprovam como isso é possível.

Mas e aí, gostou do artigo? Ainda possui alguma dúvida e quer saber mais sobre o assunto? Sinta-se à vontade para deixar seu comentário!

Share This:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *