5-melhores-praticas-para-monitoramento-de-sistemas-em-cloud.jpeg

5 melhores práticas para monitoramento de sistemas em cloud

O monitoramento de sistemas e da infraestrutura de TI em cloud confere maior segurança e controle dos recursos para as empresas. Não se pode pensar em sistemas na nuvem, sem o devido acompanhamento das atividades e eventos que acontecem durante o processamento dos dados, 

Por conta disso, a seguir vamos apresentar 5 práticas indicadas para o monitoramento da infraestrutura como um todo.

1. Detecte falhas em tempo real

Utilizar um sistema de auditoria com notificações de incidentes 24 horas, pode poupar tempo precioso da equipe de TI. Com a criação de rotinas é possível melhorar a infraestrutura de TI, assim, os profissionais são capazes de antecipar problemas e agir antes que aconteçam.

Além disso, é possível realocar recursos a fim de garantir o melhor desempenho de toda a infraestrutura. O que por sua vez mantem um bom nível de produtividade para o negócio.

2. Invista em segurança

Talvez você se pergunte se pode confiar no armazenamento em nuvem? A resposta é sim, entretanto, certifique-se que toda a troca de dados entre o sistema na nuvem e os dispositivos de uma empresa sejam protegidos por criptografia. Nesse sentido, o protocolo de segurança HTTPS é fundamental para a comunicação dos dados. 

Outra forma de proteção, se refere aos backups de dados. Assegurar que as informações das operações efetuadas não serão perdidas por um imprevisto qualquer, é imprescindível para as empresas. Assim o agendamento de backups customizados dos servidores, ou mesmo a possibilidade de salvar informações a qualquer momento, proporciona o tipo de segurança que transações online realmente precisam.

3. Diminua a carga de serviço dos profissionais de TI

Contratar um serviço de monitoramento de sistemas digital, libera os profissionais de TI de diversas tarefas relacionadas prevenção de falhas que possam ocorrer com a infraestrutura. Além do mais, os alertas automatizados que apontam problemas também contribuem para que as correções sejam realizadas com mais agilidade.

Assim, esses funcionários poderão se ocupar principalmente com serviços que não podem ser automatizados. Ou dedicar mais tempo a projetos de soluções inovadores para a empresa.

4. Controle o fluxo de dados

Inspecionar o trafego de dados em trânsito com firewalls de última geração é imprescindível para proteger as entradas da rede.

O login dos usuários autorizados também merece atenção. O processo de autenticação e autorização seguro dos usuários protegerá os sistemas contra acessos indevídos por parte de teceiros. Assegurando que apenas pessoas previamente autorizadas acessem às informações.

5. Escolha um bom gerenciador de sistemas na nuvem

Nosso gerenciador de cloud: o Atmosfero, foi desenvolvido para administrar os recursos de infraestruturas nas nuvens. Facilitando o dia a dia dos profissionais de TI.

Com o Atmosfero todas as informações são trafegadas e armazenadas com criptografia, impedindo a visualização não autorizada de seus dados. Os backups também podem ser feitos de forma automatizada, em horários agendados, ou ainda manualmente. Há também meios de escolher o tempo de funcionamento de instâncias, sem a intervenção humana recorrente.

O gerenciador ainda notifica incidentes em uma interface intuitiva, que simplifica o controle da nuvem para os profissionais da sua empresa através de poucos cliques. Uma consultoria especializada fornece todo o suporte necessário para manter a infraestrutura de TI sempre saudável.  

Como visto, o monitoramento de sistemas na nuvem, aumenta a produtividade da infraestrutura de TI nas empresas. Além de permitir o aperfeiçoamento permanente das rotinas de gestão ao mostrar uma quadro abrangente de funcionamento.

Gostou do post? Então aproveite e compartilhe essa solução com seus amigos nas redes sociais!

Share This:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *